Na Câmara Municipal de Vereadores Sisemp pede apoio para equiparação da saúde

A equiparação é para que servidores de nível superior da Saúde recebam o mesmo valor dos servidores de mesmo nível no Quadro Geral.
09/05/2019 09/05/2019 19:26 350 visualizações

O presidente do Sisemp, Heguel Albuquerque, acompanhado de representantes do Sicideto e do Sinfito,  foram recebidos pelos vereadores municipais na manhã desta quinta-feira, 09. Na ocasião foi solicitado apoio dos parlamentares para a causa da equiparação dos vencimentos dos servidores de nível superior da Saúde com os servidores do mesmo nível do Quadro Geral. A reunião aconteceu após mobilização dos servidores e entidades classistas. 

Na ocasião, Albuquerque informou que os servidores de nível superior da Saúde, como odontólogos, médicos, biólogos, psicólogos, fisioterapeutas, entre outros recebem bem menos que os servidores também de nível superior, e das mesmas categorias, que são lotados no Quadro Geral. 

A distorção acontece em razão da incorporação, em 2011, da Gratificação por Exercício de Atividade de Nível Superior (Gaens), no Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos do Quadro Geral, “como essa gratificação não existia na saúde, gerou uma situação de injustiça, em que o salário do servidor que exerce a mesma função na saúde é mais de mil reaiss a menos do que o do quadro geral. Um psicólogo que atua na saúde um salário menor do que um psicólogo que atua na Secretaria de Desenvolvimento Social, por exemplo,” explica Albuquerque.

A solicitação de apoio dos vereadores é para que projeto de equiparação que está em andamento, através da Secretaria Municipal de Saúde, receba apoio dos legisladores quando o mesmo chegar à Casa de Leis. “O Sisemp esteve em reunião com o secretário de Saúde, Daniel Borini, quando ele informou que está tratando com a prefeita, Cinthia Ribeiro, de projeto para a equiparação, então nós estamos buscando apoio para que isto se concretize”, afirmou Albuquerque.

O Sisemp também solicitou que a proposta da Prefeitura seja apresentada aos Sindicatos para que seja discutida com os representantes classistas de todas as áreas que serão contempladas.