Em manifestação na Câmara de Vereadores Sisemp cobra equiparação salarial de servidores de nível superior da saúde

Servidores de nível superior da saúde recebem mais de 27% a menos que servidores do mesmo nível, cargo e função de outros quadros do município de Palmas.
05/02/2020 05/02/2020 17:43 268 visualizações

Aproximadamente 600 servidores, de nível superior da saúde, recebem mais de 27% a menos que servidores do mesmo nível, cargo e função de outros quadros do município de Palmas. Uma distorção pela qual há anos os servidores buscam regularização, sem nenhum posicionamento concreto da gestão municipal. Em razão disto, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Palmas (Sisemp) e representantes destes servidores participaram, na manhã desta sexta-feira, 05, de manifestação pacífica na abertura do ano legislativo na Câmara Municipal de Vereadores de Palmas. 

 

Durante o evento os servidores exibiram faixas solicitando “Equiparação Já” e ressaltando a diferença salarial de “27,39%” a menos que os demais de mesmo cargo e função. “Essa é uma manifestação pacífica para lembrarmos que existe um grupo de servidores que seguem injustiçados no município. São servidores que exercem funções fundamentais para a saúde pública, e que ganham bem menos que outros que trabalham na mesma função em outras pastas. O que os servidores buscam é isonomia”, afirma o presidente do Sisempr, Heguel Albuquerque. 

 

Albuquerque ressalta que a proposta de equiparação já foi encaminhada pela Secretaria Municipal de Saúde, para análise de viabilidade financeira, uma vez que já foi discutida na Mesa de Negociação do Sistema Único de Saúde (SUS).    

 

“Aqui viemos solicitar a retomada da Mesa SUS e análise da proposta para que assim, os servidores possam ser tratados com igualdade em relação a suas funções e vencimentos”, afirma Albuquerque.